domingo, 27 de setembro de 2009

Confidencialidade na primária


Fazer parte da presidência de qualquer organização ou em qualquer chamado na igreja, exige que todas nós sejamos capazes de manter sigilo. Resumindo, temos que ser pessoas dignas e merecedoras de confiança. Na primária não é diferente. Vocês podem estar se perguntando que segredo uma criança pode ter.

Muitas vezes as crianças revelam fatos de suas famílias nas salas de aula durante as reuniões. Em uma aula sobre palavra de sabedoria eu já ouvi criança dizer que a mãe bebia café, mas que "era só um pouquinho". Já ouvi dizer  que não faz noite familiar, que não ora e por aí vai. As outras crianças não dão muita importância a essas coisas e, praticamente, nem percebem. Elas não percebem porque não tem os olhos e ouvidos que nós temos. Elas são inocentes.

A posição de líder/professora não exige que julguemos e, sim, que ensinemos o certo às crianças de modo que elas sejam exemplos em suas famílias. Não devemos comentar situações como esta fora da primária. Se for o caso e a inspiração lhe indicar, o que deve ser feito é levar ao conhecimento do bispado, que é quem preside a ala/ramo. Fora isso, como diz aquele filme "À espera de um milagre": o que acontece na milha fica na milha!

Imagem: Getty images

2 comentários:

Professora Visitante SUD disse...

gostei muito deste post..obrigada por compartilhar

Eternidade disse...

Mensagem inspirada!
Parabéns Simone.
Bjus