quarta-feira, 8 de abril de 2009

Alguém conhece esses hinos?

Por favor, alguém sabe que hinos são esses em português? Isto é, se é que temos eles em português. Ambos foram publicados na Friend de junho e outubro/2002, respectivamente, mas não foram publicados na O Amigo destes meses. Em outubro/2002 foi publicado um hino na O Amigo, mas não é nenhum desses dois (é o hino "Tudo o que eu fizer") e na de junho não foi publicado nenhum hino em português.

As traduções deles (que podem não ter sido exatamente essas) seriam: "O lugar da nossa família" e "Eu sei que meu Salvador me ama". Como ficarão pequenos na postagem, vou salvá-los na pasta de partituras para vocês verem melhor ou vocês podem clicar nos meses citados que o link direcionará para as revistas originais.

4 comentários:

disse...

Sabia que ia conseguir, Simone!!!
Mas, se é uma musiquinha ... não tem como saber o áudio, não?
Você pode traduzir a atividade???
Outro dia você fez uma enquete para que compartilhássemos nossas dificuldades em nossos chamaodos. Além da falta de compromisso das irmãs que servem na Primária e a falta de desejo das irmãs em servir na Primária, minha maior dificuldade na minha Primária é a reverência.
Tenho crianças muito inteligentes e especiais, mas são muito irreverentes... Há dias em que sequer consegue-se fazer o tempo de compartilhar ou mesmo cantar os hinos...
Temos tentado muitos recursos,fizemos reunião com os pais, lembramos sempre nos discursos e nas agendas que envio para os pais, mas ainda não conseguimos que desse certo.
Talvez essa atividade possa ajudar!
Não custa tentar, não é?
Muito obrigada!!!

Simone disse...

Lu, pra ser sincera, eu acho muito improvável conseguir esse audio.

Posso traduzir a atividade sim, só que não vai ser rápido porque eu acabei de pegar uma tradução grande pra fazer (fora do meu trabalho) e tenho prazo para entregar, inclusive vou ter que trabalhar no final de semana. A não ser que a Dani faça semana que vem quando voltar, depois que eu terminar essa do meu cliente, eu faço sim, com prazer.
A irreverência vem de casa, principalmente. Pode reparar que as crianças irreverentes, na maioria da vezes, têm pais irreverentes tb. Beijos!

disse...

Oi, Simone!!
É verdade mesmo!!! Você tem razão!!!
A maioria das crianças com que tenho maior dificuldade com relação à reverência, tem pais que não são reverentes.
Mas, tenho outras que mesmo os pais sendo reverentes, e percebo que até tentam ensinar o princípio, mesmo assim são irreverentes!
Com relação à tradução que pedi... Não tem problema... Faça quando der! Posso esperar! rsrsrs
Quando puder você faz então?!
Muuuuuuuuuito obrigada!!!
Beijo!

Simone disse...

olha só... então eu tive uma inspiração!!!!!